Fefecê busca empate fora de casa e se mantém em 1º

ESPORTE - 08:25:13
Fefecê busca empate fora de casa e se mantém em 1º

Em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão o FFC – Fernandópolis Futebol Clube – arrancou um empate no fim da partida em Osvaldo Cruz, contra o time da casa e se manteve na liderança isolada do campeonato. 
Mais uma vez Murilo deixou o seu, o quinto gol do camisa 10 em quatro jogos até aqui. Pela meia-esquerda do ataque, próximo à área, Murilo recebeu um lançamento longo do zagueiro Felipe, dominou e avançou para cima da marcação, deixou um adversário para trás e, quase na meia-lua da grande área, bateu firme, de direita, na gaveta, sem chance para o camisa 1 do Osvaldo Cruz, goleirão Ícaro: 1 x 0. 
O empate veio com o centroavante Daniel. O camisa 9 do time adversário aproveitou uma sobra de bola dentro da área e conseguiu bater antes da zaga chegar na cobertura, muito próximo da linha da pequena área: 1 x 1. Tudo igual.
Primeiro gol sofrido, de empate. Segundo gol sofrido, o da virada. Eram jogados exatos 40 minutos do segundo tempo. A jogada seguiu para o lado oposto do campo – Pedrão sofreu uma lesão no joelho esquerdo junto à linha lateral direita. Osvaldo Cruz, aproveitando-se da vantagem de contar com um jogador a mais, avançou pelo meio, e a bola chegou à linha de fundo pelo lado esquerdo da defesa fernandopolense: arremate após cruzamento à meia altura decretou a virada. 
O Fêfa então partiu para cima, mesmo na casa do adversário. E foi na garra: 5 minutos de domínio de jogo, tentativas de chegar ao gol, 2 escanteios a favor seguidos, e numa virada de jogo, com  Danilo (que entrou no lugar de Matheus Alcântara), Talison, Murilo e Bala trocando passes, a bola chegou à direita do ataque, onde estava Bite.
O lateral-direito da Águia acertou um belo chute, pancada da entrada da área, a bola fez uma curva rasante e explodiu no pé da trave direita, morrendo no fundo do gol: 2 x 2 para desespero dos jogadores de Osvaldo Cruz e de todos os secadores de plantão.
Após 4 rodadas, Fefecê está em primeiro na classificação, com 10 pontos. Tupã tem a mesma pontuação, mas fica atrás nos critérios de desempate: a Águia tem 9 gols marcados e 2 sofridos, saldo de 7; Tupã marcou 6 e levou 3 gols, saldo de 3.
Já o Osvaldo Cruz amarga a 5ª colocação, fora da zona de classificação – somente os 4 primeiros avançam para a segunda fase -, com apenas 4 pontos em 3 jogos: venceu o Bandeirante de Birigui fora de casa, em sua estreia, por 1 x 0; depois, fez dois jogos no “Brenão”: perdeu do Tupã, 2 x 1, e empatou com o Fefecê, 2 x 2.
ENFURECIDOS
Jogadores e comissão técnica do Osvaldo Cruz perderam a cabeça após o apito final e se descontrolaram. Na boca do túnel que leva aos vestiários, um princípio de empurra-empurra, cusparadas e muito “chororô”. Reclamavam que os jogadores do Fefecê estavam comemorando como se tivessem vencido o jogo.
O GRUPO 1
Vale lembrar que nesta primeira fase, os times se enfrentam dentro de seus respectivos grupos, com jogos de ida e volta, tendo os mandos de campo invertidos no returno, ou seja, o Fefecê jogou a primeira partida fora de casa, contra o José Bonifácio. O primeiro jogo do returno será contra o José Bonifácio, em Fernandópolis.
Da mesma maneira, fará o 6º jogo, no encerramento do 1º turno, contra o Bandeirante de Birigui, em casa, e fechará a primeira fase no último jogo do returno jogando em Birigui, pela 14ª rodada, marcada para o dia 30 de junho.
Como o grupo é formado por 7 times, a cada rodada um time folga. O Fefecê não jogará a 5ª rodada, agendada para 1º de Maio, feriado do Dia do Trabalhador, e também na 12ª, que tem jogos marcados para os dias 14, uma sexta, e 15 de junho, um sábado.

 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');