Bastidores

ARTIGOS - 17:03:09

“NOVAMENTE...

sem brilho, agenda de aniversário de Fernandópolis traz apenas 3 inaugurações”. Manchete do jornal que você lê, de 1l-03-19, para registrar que “há tempos o mês de maio já não possui o mesmo brilho de outrora”.

EM...

outros tempos, com sopros favoráveis da economia, os prefeitos, além da entrega de obras públicas, incluíam na programação a marca de alguns projetos da iniciativa privada; tudo realçado pelo sucesso da Expo sob a responsabilidade do poder público municipal. Nem a nossa maior festa, comandamos mais.

MAS...

ao chegarmos ao 80º aniversário, na escala de prioridades a ausência de inaugurações talvez nem seja a maior preocupação. Algo mais delicado, nem sempre ao alcance da maioria da população, é o momento político que atravessamos.

JÀ...

adiantaremos que o que segue nos próximos parágrafos, será contestado pelas principais lideranças políticas da cidade, mas um olhar mais atento aos acontecimentos de janeiro aos dias de hoje, captará um sinal claro de desconectação de Fernandópolis com o governo do Estado.

PARA...

afirmar isso, a Coluna se valeu de fontes seguras: deputados estaduais e federais, dirigentes partidários, prefeitos e até de alguns assessores do Palácio dos Bandeirantes. Todos,rigorosamente,todos, solicitaram que seus nomes não fossem revelados. “Não me compliquem”, pediu um deles.

UNANIMAMENTE...

as fontes afirmaram que o que está acontecendo, brotou na campanha para governador, quando, para surpresa geral, o deputado federal Fausto Pinato (PP) mudou de posição, deixando o barco de João Doria (PSDB) para navegar com Márcio França (PSB).

O PRÓPRIO...

candidato Doria, depois de chamar carinhosamente o fernandopolense de “Pinatinho”, em Rio Preto, ficou sem entender a troca repentina, mesma indignação do candidato a vice, Rodrigo Garcia. Fausto alegou no curso da campanha que o acordo partidário delimitando espaços(limite territorial) a  que cada postulante  a federal deveria seguir na região, não teria sido respeitado, especialmente por Geninho Zuliane (DEM) de Olímpia, afilhado político de Rodrigo, eleito deputado federal pela primeira vez com 89.378 votos.

EMBORA...

Dória tenha sido eleito, inclusive com 51,66% dos de eleitores fernandopolenses, restou a mágoa, nunca manifestada publicamente. Para azedar ainda mais o clima para o grupo dominante da política local,Rodrigo Garcia, do DEM, mesmo partido do prefeito André Pessuto, tornou-se braço direito do governador.

A PROPÓSITO...

Rodrigo Garcia, nos tempos de deputado federal, conseguiu recursos para a prefeitura de Fernandópolis adquirir um ônibus escolar. Pois bem. Na entrega de algumas viaturas, em ato realizado na praça dia 11, Pessuto sequer mencionou o nome do ex-deputado, que na semana assumiu interinamente o governo do Estado. Esquecimento? Certamente não, a considerar a boa memória do prefeito que em gestos de gratidão, sempre, com ênfase, destaca os deputados que, de uma forma, ou outra, atendem aos pedidos fernandopolenses.

DIAS...

atrás, o mesmo Rodrigo Garcia esteve em Rio Preto para visitar clínica particular que participará do Corujão da Saúde”, programa que objetiva zerar a fila de exames até dezembro. Está prevista a realização de 49.360 procedimentos na região, sendo 36.330 ultrassons, 8.100 endoscopias 4.390 mamografias. Só na região, são 9 serviços privados, sem contar as unidades de Ambulatórios Médicos (AMEs) das cidades de Catanduva, Jales, Santa Fé do Sul, Rio Preto e Votuporanga. (Como se vê, Fernandópolis não está na lista).

E PARA...

azedar mais um pouco, Carlão Pignatari foi eleito líder do governo na Assembléia Legislativa, e está à frente de todas as iniciativas da máquina estadual, ao lado do vice Rodrigo Garcia. Na segunda-feira, 13, o deputado votuporanguense esteve com o secretário Estadual de Turismo, Vinicius Lummertz, solicitando apoio ao projeto Municípios de Interesse Turístico.

O QUE...

se estranha, também, é o sumiço de Pinato do noticiário político regional. Nem mesmo os releases de sua assessoria de imprensa, antes tão freqüentes, rarearam. Seria a movimentada agenda em Brasília, com as discussões acaloradas da Reforma da Previdência?

A SEMANA...

com a data magna, dia 22, aniversário da cidade, será mais um teste para se avaliar a quantas anda nossa conexão com o governo estadual. É época de visitas de políticos.Vamos anotar os nomes das autoridades que aqui comparecerem.Para o prefeito Pessuto, nada mais preocupante no atual cenário do que aquela afirmação bíblica: “Não se pode servir a dois senhores”.

 

 

 

 

Alencar Cesar scandiuzi

Alencar Cesar scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');