DER enrola e Euclides da Cunha segue abandonada

ARTIGOS - 18:22:24

Um mês depois de informar que havia programado os serviços de conservação e manutenção como poda, limpeza e roçada na Rodovia Euclides da Cunha (SP 320), o DER – Departamento de Estradas de Rodagem – refaz a promessa, sem contudo, desta vez fixar prazo. 

Em meados de abril, CIDADÃO registrou a onda de reclamações nas redes sociais sobre o estado de abandono da Rodovia Euclides da Cunha. A reclamação foi levada ao DER que veio com a promessa de que o serviço de conservação da rodovia seria iniciada na segunda quinzena de abril. Já estamos na segunda quinzena de maio e até agora, a situação na Euclides da Cunha está ainda pior. Questionado na quinta-feira, 16, o DER foi mais curto e lacônico na resposta: “O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) planeja para os próximos dias a execução dos serviços de poda, roçada e limpeza nas rodovias da região”. 
Logo que a rodovia foi duplicada, o Estado contratou uma empresa para a conservação. As placas ainda podem ser vistas ao longo da pista anunciando que o investimento anual era da ordem de R$ 12,9 milhões. Até o ano passado, a rodovia era muito bem cuidada. Entrou o novo governo e a situação é que se vê hoje: a rodovia está abandonada no trecho que vai de Mirassol a Ponte Rodoferroviária. 
O governador João Dória (PSDB) vem sinalizando desde a campanha que pretende privatizar rodovias e a Euclides da Cunha entrou no radar. Essa possibilidade foi admitida também pelo vice-governador Rodrigo Garcia, informando que o DER já iniciou os estudossobre a possibilidade de novas concessões de rodovias. “O DER ainda está estudando (incluir no pacote de concessões) a Euclides da Cunha e a Feliciano Salles Cunhas, mas não temos nada fechado em relação a isso”, disse meses atrás o vice governador. Concessão, todo mundo sabe, vem com pedágio. 
Juntando o estudo do DER para concessões e o abandono da rodovia neste momento pode-se se concluir que o governo colocou “o bode na sala”.

Bate pronto

  CONTRATO ASSINADO – Prefeitura e Engerb já assinaram o contrato de R$ 2,5 milhões para adequação do Paço Municipal que vai ocupar o prédio do ainda Terminal Rodoviário de Passageiro. A empreiteira de Fernandópolis está concluindo as obras do novo Terminal e logo em seguida já inicia as obras de adequação. A finalização das obras do novo Terminal, que ainda não tem data para ser inaugurado, já afeta o funcionamento do velho terminal.

  NOVA REGRA – Estreia na eleição do ano que vem a regra que proíbe coligação entre partidos na disputa para os cargos de vereador, deputado estadual e deputado federal. Os vereadores serão os primeiros a testarem o novo regramento. Sem coligação na proporcional muitos partidos vão sumir do mapa. A pouco mais de um ano do pleito já tem vereador estudando a situação para buscar um partido estruturado e em condições de garantir a reeleição. É bom lembrar que a janela para troca de partidos será aberta em meados de março do ano que vem. Tudo isso vem com  um peso inegável: Como fazer a escolha certa? Eis a questão...

  NEM O PREFEITO ESCAPOU - O prefeito de Jales Flá Prandi e a primeira-dama Glauciane Pontes Franco receberam alta na manhã de quarta-feira, depois de passar a noite na Santa Casa de Jales recebendo medicação, com sintomas de dengue. O prefeito teria começado a sentir os sintomas – febre, dores, etc – já na sexta-feira, 10. Ele teria tentado trabalhar na segunda-feira, mas não conseguiu. No final da terça-feira, Flá e a primeira-dama Glauciane – que também apresentava os mesmos sintomas – foram internados na Santa Casa.

 

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');