Contrato emergencial garante a manutenção da iluminação pública

ARTIGOS - 08:09:54

Deu zebra na licitação aberta pela Prefeitura para contratação de empresa especializada na execução dos serviços de manutenção de 13,5 mil pontos de iluminação pública em Fernandópolis e Distrito de Brasitânia. A licitação prevista para 7 de junho não prosperou. 

Em aviso publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município, a prefeitura informou que, em virtude de impugnação do edital, o processo foi suspenso sem prazo para ser novamente publicado. 
Mas, para a cidade não ficar sem o serviço, foi necessário adotar medida de emergência. 
Em outro ato também publicado no Diário Oficial Eletrônico, a prefeitura informou que firmou contrato emergencial para continuar prestando o serviço até a realização de nova licitação.
A empresa Cantóia & Figueiredo, que desde 2014 presta o serviço ao município, continuará atendendo por período de 180 dias ou até a conclusão do processo licitatório. Para manter esse contrato de emergência, a prefeitura estima gastar cerca de R$ 386 mil reais. Esse não é assunto novo na prefeitura. Em outra licitação, a do transporte coletivo de passageiros, a administração precisou recorrer a contrato de emergência para superar embaraços e garantir o serviço à população. 
Desde 2014, a manutenção do parque de iluminação pública do município é realizada por empresa contratada pela prefeitura com recursos da taxa de iluminação cobrada dos contribuintes de Fernandópolis na conta de luz. A taxa é de R$ 9,82.

Bate pronto

  DINHEIRO NO CAIXA – Quem acompanha o Diário Oficial Eletrônico do Município, viu que a prefeitura publicou o extrato do contrato firmado com a Caixa de financiamento de R$ 20 milhões. O contrato assinado no final de maio, tem vigência de 120 meses, com período de carência de 24 meses, ou seja, o pagamento das parcelas começará na próxima gestão. Com o dinheiro liberado, o prefeito já começará a publicar editais de licitação para recapeamento, asfalto novo, aquisição de veículos e máquinas para Prefeitura e construção do novo prédio para abrigar a 1ª Companhia da Polícia Militar.

  SESSÃO RELÂMPAGO - A Câmara Municipal de Fernandópolis, que na próxima semana entrará em recesso de mais de 50 dias, realizou na terça-feira, 11, uma sessão relâmpago, de pouco mais de 30 minutos, para que os vereadores pudessem “curtir” o Dia dos Namorados. Detalhe é que a data romântica seria apenas no dia seguinte. Tirando as exigências regimentais de leitura da Ordem do Dia e do Expediente, a sessão, na verdade não durou nem 10 minutos, tempo que a casa utilizou para aprovar três projetos. “Nada mais a ser tratado na noite de hoje, motivo de como amanhã é Dia dos Namorados e hoje muitos casais aqui vão sair para jantar eu convido o vereador João Pedro Siqueira para fazer a oração final”, encerrou a sessão o presidente da Casa Ademir de Almeida.

  PLANTÃO BIOMÉTRICO - O Cartório Eleitoral de Fernandópolis está agendando mais um plantão neste sábado, dia 15, para o cadastramento biométrico dos eleitores. De acordo com comunicado assinado pelo juiz Mauricio Ferreira Fontes, o Cartório vai atender no sábado das 8 às 13 horas e neste dia está suspenso o agendamento prévio. De acordo com o site do Tribunal Superior Eleitoral atualizado nesta sexta-feira, 14, o número de eleitores cadastrados chega a 55,2% do total de inscritos que é de 51.978. Estão cadastrados 28.723 eleitores. Faltam ainda para se cadastrar 23.255 eleitores. O prazo termina no final do ano e quem não se cadastrar terá o título eleitoral cancelado. A procura continua baixa, em média de 70 a 100 eleitores por dia.

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');