Bastidores

ARTIGOS - 17:40:28

HOJE...

em dia as notícias ruins dominam os noticiários dos veículos de comunicação e redes sociais. Anda difícil ler jornais, ver TV, ouvir rádio e engolir a avalanche de fake news que invadem os celulares.

ASSUSTA...

assistir ao mais famoso telejornal da televisão, o Jornal Nacional, com tamanho volume de matérias que tratam da violência, sejam elas, urbana, doméstica; roubos, crimes que chocam pela crueldade de seus autores. Antes, tal noticiário era feito em um só bloco, hoje ocupam três, quatro, cinco...

NOTÍCIAS...

com tal conteúdo, chocam. O que era “privilégio” dos grandes centros, agora chega ao interior. Em menor escala, claro, mas preocupante. Todos nós vivemos a sensação de que o perigo está nos espreitando.

A CRISE...

que se abateu sobre o País, é outro fator de grande preocupação. Geradora de incertezas às famílias, a interminável crise tem como uma das inquietações o desemprego. De 2015 até a presente data, 3.000 empregos evaporaram em Fernandópolis, e a perspectiva de nova colocação no mercado de trabalho é muito baixa.

PREOCUPADA...

a Associação Comercial realizou o Mutirão do Currículo, uma louvável iniciativa. Trata-se de selecionar candidatos, uma espécie de “Bolsa de Emprego”, com informações cadastradas que pode ser entendido como primeiro passo m direção ao vínculo empregatício, uma esperança.

OS...

bicudos dias estão afetando todas as classes, notadamente a mais pobre. Sem emprego, o comércio não vende, o consumo cai, as indústrias fecham as portas, ou diminuem a produção, a arrecadação despenca e o governo impõe marcha lenta e adia projetos mais ousados.

NO...

cenário de dificuldades, Fernandópolis vê com tristeza a notícia sobre o leilão do Água Viva, marcado para 5 de agosto. Engolimos seco e em tom de inconformismo, lamentamos a oportunidade que perdemos. A mesma matéria prima (água quente do aqüífero Guarani) que alavancou o progresso de Olímpia, com a construção do Thermas dos Laranjais, não foi capaz de fazer com que Fernandópolis saísse na frente, ostentando a primazia de um empreendimento do gênero. Aqui a água milagrosa jorrou em 1976.

AGORA...

 tomamos conhecimento da preocupante notícia sobre a penhora do prédio da Santa Casa. Constata-se que as verbas dos deputados e as campanhas para angariar recursos, e a magnanimidade da população com doações, não têm sido suficiente para cobrir as pesadas despesas mensais do hospital. Enquanto isso, indiferentes aos 13 milhões de desempregados no País, deputados preparam-se para votar mais recursos do fundo eleitoral para a campanha municipal, elevando a fatura de R$ 1,7 bilhão para R$ 3,7 bilhões, conforme parecer de um oportunista congressista. É de chorar.

 

Alencar Cesar scandiuzi

Alencar Cesar scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');