UBSs desenvolvem ação para ajudar fumantes a largar o vício

SAÚDE - 08:09:01
UBSs desenvolvem ação para ajudar fumantes a largar o vício

As Unidades de Saúde de Fernandópolis oferecem apoio para as pessoas que desejam parar de fumar, mas não conseguem sozinhas. As equipes de saúde foram reunidas por regiões e os grupos de apoio duram cinco semanas, após esse período os usuários passam para a fase de manutenção que pode durar até um ano dependendo da avaliação médica, abando ou alta do usuário.

De acordo com a coordenadora geral dos grupos, enfermeira Lívia Moreira, parar de fumar é uma das ações mais impactantes na vida de um indivíduo e na saúde pública levando em consideração a redução de gastos, relações sociais, diminuição de doenças, melhorias no meio ambiente e muito mais.

Esse tipo de ação educativa gera mudanças de atitude e de comportamento, diminuindo as taxas de iniciação do tabagismo (a maior taxa de iniciação está entre os adolescentes), prevenção do aparecimento de doenças crônicas, principalmente do aparelho respiratório e circulatório e vários tipos de câncer.

Os grupos começaram os seus trabalhos em Fernandópolis em decorrência do treinamento realizado em novembro de 2018, quando os profissionais de nível superior foram capacitados para realizar este tipo de atendimento, que tem uma abordagem cognitiva comportamental.

A captação dos participantes é feita por meio da busca realizada pelos agentes comunitários de saúde e também por procura do próprio cidadão ou diagnóstico e indicação dos profissionais das unidades de saúde. Os interessados em participar devem procurar os postos de saúde para deixar seu nome na lista para as próximas turmas.

A cidade foi dividida em quatro regiões para realização dos grupos e cada um deles conta com 20 participantes. Neles, o participante recebe apoio, assiste a palestras, trabalha seu comportamento e psicológico e recebe ajuda medicamentosa gratuita.

Ao final dos encontros, acontece a troca de sede das reuniões e um novo grupo é formado. Cada equipe de saúde envia pelo menos três participantes por ciclo e as palestras são oferecidas das 19h às 21h.

Para o desenvolvimento deste programa, o município foi dividido nas seguintes regiões de saúde:

Segunda-feira: Caic equipe 1, Caic equipe 2, Paulo Sano, Planalto, Guanabara equipe 1 e Guanabara equipe 2.

Terça-feira: Vila Regina, Rosa Amarela, Rio Grande equipe 1, Rio Grande equipe 2, Universitário e Brasitânia.

Quarta-feira: Uirapuru, Ipanema, Santa Bárbara equipe 1, Santa Bárbara equipe 2, Cohab equipe 1 e Paraíso.

Quinta-feira: Paulista equipe 1, Paulista equipe 2, Brasilândia, Cecap, Araguaia e Cohab equipe 2.

Caps AD (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas) e Caps II (Centro de Atenção Psicossocial) também poderão ter grupos, mas nestes locais os encontros serão em horário de expediente normal para que a equipe possa acompanhar o uso dos medicamentos.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');