Bastidores

ARTIGOS - 18:04:57

UM...

presidente da República pode muito, sim, mas não pode tudo. Jair Bolsonaro que o diga. Em poucos meses de governo já teve que recuar várias vezes de seus atos e palavras inadequadas. Assim é com governadores e prefeitos, também.

O RISCO...

dos mandatários aumenta perigosamente, quando agem na base da empolgação, muitas vezes atropelando leis levados pelo incutido desejo de mostrar serviço. Como a administração pública é campeã em burocracia, a paciência do administrador logo se esgota, e na busca de atalhos para fazer andar  a máquina muitos acabam sendo processados.

O PREFEITO...

André Pessuto já caminha para o final do terceiro ano de seu mandato, e amargou o dissabor de alguns recuos. Na Câmara, murmúrios dão conta de que o prefeito administra sem consultar ninguém. “Se ouvisse os vereadores, certamente erraria menos”, comenta um parceiro muito próximo.

EMBALADO...

pelos ventos outonais, e com a primeira verba do turismo na mão, Pessuto pôs na prancheta o projeto de construção de um palco na praça principal, no mesmo local onde um dia o saudoso prefeito Antenor Ferrari fez erguer o Proscênio Cívico, que resistiu por mais de 30 anos, até ser demolido pela prefeita Ana Bim.

SEM...

muita consulta, a prefeita fechou literalmente a praça Joaquim Antonio Pereira, para executar total revitalização do nobre espaço de lazer da população. Além do Proscênio, a fonte luminosa experimentou também a implacável força da picareta demolidora. A nova praça ficou bonita, mas Ana Bim teve que correr para tentar livrar-se de um processo, acusada de destruir um patrimônio histórico. Condenada, a defesa provou que Ana Bim não cometera nenhum crime, visto que, simplesmente, não havia nenhuma lei de proteção daquele bem imóvel municipal.

A CONSTRUÇÃO...

do novo palco encontra resistência robusta. O padre Natalino e o presidente do Conselho Pastoral, Peruchi, estão pedindo a intercessão da Associação Comercial para alteração do projeto, pois naquele ponto (antigo Proscênio) prejudicaria visualmente o mais importante cartão postal da cidade, e a acústica (dos eventos no palco), atrapalharia a realização de missas, novenas e outras celebrações. Por fim, sugerem que o palco seja construído em paralelo com a Rua São Paulo.

A MESMA...

Igreja Católica, em outra época, saiu em defesa da Praça da Matriz, quando Ana Bim quis construir ao lado da Matriz, na Rua São Paulo, um banheiro público que atendesse à demanda dos usuários do transporte coletivo.

HOUVE...

 debate, distribuição de material gráfico, pressão, e muito desgaste às partes. Para alguns católicos praticantes, o AVC sofrido pelo padre Carlos teve forte ligação com seus problemas de saúde. A polêmica foi  contornada pela intervenção do bispado de Jales. O tal banheiro não saiu, e a paz voltou a reinar na terra de Pereira.

Alencar Cesar scandiuzi

Alencar Cesar scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');