Após 9 meses, prolongamento de Avenida Marginal deve começar a andar

ARTIGOS - 18:17:54
Mais um capítulo da abertura da Avenida Marginal Luiz Brambatti, obstruída no Parque Paulistano pela subestação da Elektro. Após nove meses de trâmites burocráticos, finalmente, a obra de prolongamento da dita avenida parece que vai sair do papel.  
Está completando um ano que o prefeito André Pessuto assinou a ordem de serviço para a empreiteira Coplan, vencedora da concorrência de R$ 1,4 milhão (dinheiro liberado pelo Governo do Estado) para realizar  a obra de prolongamento da Avenida Marginal Luiz Brambatti, no Jardim Paulistano, defronte a subestação da Elektro. Quem achava que a cidade, enfim, iria se livrar dessa vergonha que se transformou essa avenida marginal, caiu do cavalo. A obra chegou a ser iniciada, mas paralisada diante do impasse estabelecido com a concessionária de energia elétrica. 
A Prefeitura, no afã de abreviar essa demanda, chegou, via Câmara, a desapropriar a área, mas a obra segue estagnada. Neste contexto entrou um fator que é uma chaga no Brasil: a burocracia. 
Esta semana, CIDADÃO pediu informações à prefeitura sobre o caso e na resposta, esperança de luz no fim do túnel. Diz a nota emitida pela Secretaria de Comunicação: “Após o processo de desapropriação, o Executivo aguardou cerca de nove meses até o DER – Departamento de Estradas e Rodagem – completar a medição de toda a área e finalizar os tramites burocráticos e financeiros ligados a desapropriação. Ainda segundo o setor de engenharia municipal, inicialmente será feito o plantio de grama e recorte da pista, a abertura de um pátio de estacionamento e depósito para retirada e nova alocação dos postes no local.  A expectativa é que nas próximas semanas o processo seja iniciado, já com os trâmites finalizados e aprovados”. Será que agora vai?
 
 
 
Bate pronto
 
  CAMPANHA ABERTA - Em um cenário ainda de muitas especulações (leia ao lado na coluna Bastidores), o ex-deputado estadual Gilmar Gimenes (PSDB) transferiu seu título eleitoral para a cidade, requisito obrigatório para os que pretendem disputar a eleição em um município com pelo menos um ano de antecedência, segundo as atuais regras eleitorais. Gimenes chegou a ser cotado para disputar as eleições em 2016, mas na ocasião acabou optando por não transferir o domicílio eleitoral – que era na capital paulista -, para assumir uma vaga na Assembleia Legislativa. Seu grupo da época, então, optou por indicar André Pessuto (DEM), que venceu o pleito. Cerca de um ano depois ele acabou rompendo com o grupo e agora deve disputar a eleição contra o candidato que apoiou.
 
  MAIS ENERGIA -  A Elektro distribuiu nota nesta quarta-feira, 2, para anunciar obra de ampliação e modernização dos equipamentos da Subestação Fernandópolis, demanda antiga da cidade, que sofreu, e ainda sofre, com constantes desligamentos de energia. O investimento, diz a empresa, compreende em aumento de potência da subestação em conjunto com a modernização dos equipamentos, proporcionando uma distribuição de energia, com mais qualidade e rapidez no restabelecimento, aos 45 mil clientes da região. “A construção, melhorias e modernização de subestações e linhas de distribuição são fundamentais para suportar o aumento da demanda e assegurar o crescimento econômico regional”, afirma José Ferraz, Gerente da Elektro.
 
  REALOCAÇÃO DE SEMÁFOROS – Com a frota de veículos aumentando a cada dia, a Semutran – Secretaria Municipal de Trânsito – vai ampliando a rede de semáforos para controlar fluxos de veículos em cruzamentos de alto risco. Foi o que aconteceu esta semana, com a instalação de semáforo no cruzamento da Rua Rio de Janeiro com a Avenida Eurípedes José Ferreira (esquina do Mercadão). Ali foram instalados totens retirados da Avenida Rubens Meato Padilha, após autorização do Detran/SP. Na mesma área, a Semutran também substituiu o semáforo do cruzamento com a Espirito Santo também por totens semafóricos retirados da Rubens Padilha. O equipamento retirado vai ser instalado no cruzamento da Avenida dos Arnaldos com a Rua Minas Gerais. 
Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');