Agendamento para inscrições da CDHU não leva 5 minutos

GERAL - 10:32:43
Agendamento para inscrições da CDHU não leva 5 minutos

A população não precisa se desesperar e nem madrugar na fila para o segundo dia de agendamento das inscrições para as 219 casas da CDHU - Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano -, em Fernandópolis. São 40 mesas de atendimento e cada interessado não leva mais do que cinco minutos para concluir o agendamento. A ordem de chegada não faz diferença nenhuma para a inscrição e muito menos para o sorteio. Porém, sonho da casa própria, fez centenas de fernandopolenses passarem a noite na fila para agendar a inscrição no primeiro dia, fila quilométrica que começou a se formar no final da tarde de ontem, 7. Amanhã, 9, das 9h às 17h, no Centro do Professorado Paulista, haverá o segundo dia de agendamento e a expectativa é que não se forme uma fila tão grande como a de hoje. Para o agendamento basta apresentar um documento de identidade com foto. Somente as famílias agendadas irão efetivar as inscrições entre os dias 14 e 18 de outubro, também no Centro do Professorado. Na ocasião, será preciso levar RG, CPF, carteira de trabalho do marido, esposa ou companheiro (a), comprovante de residência com endereço completo, comprovante do tempo de moradia ou trabalho no município, e-mail e número de telefone celular para contato via SMS. Será válida somente uma inscrição por família. Aqueles que participaram de outros sorteios da CDHU no município e não foram contemplados deverão agora fazer o agendamento e uma nova inscrição. A ausência será considerada como desistência. O sorteio público, em data ainda a ser agendada, definirá os titulares e os suplentes para aquisição das moradias. Do total de casas, 5% serão destinadas a idosos e 7% para pessoas com deficiência. As demais unidades serão sorteadas entre a população em geral inscrita. Para concorrer aos imóveis, o interessado deve morar ou trabalhar em Fernandópolis há pelo menos cinco anos, ter renda familiar bruta mensal de até R$ 1.800,00 (valor definido pela legislação federal vigente), não ser proprietário de imóvel, não possuir financiamento habitacional e não ter sido atendido anteriormente por programas habitacionais. Idosos devem comprovar idade mínima de 60 anos.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');