Caminhada “Passos que Salvam” já tem kit à venda em Fernandópolis

CADERNO VIVA - 19:02:13
Caminhada “Passos que Salvam” já tem kit à venda em Fernandópolis

Fernandópolis vai se mobilizar, mais uma vez, para a caminhada “Passos que Salvam”, uma ação que visa conscientizar a população para a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil. A sétima edição da campanha, acontece no domingo, 24 de novembro, com concentração na Praça Joaquim Antonio Pereira, às 8h30. 
A caminhada sai da praça às 9 horas e percorrerá as ruas do centro, passando pela Feira Livre e retornando para a praça, onde serão oferecidas atividades recreativas para as crianças, explicou a enfermeira enfermeira responsável pela Unidade Tânia Silveira Lourenço do Instituto de Prevenção “Júlia Marzola Faria” do Hospital de Amor, em Fernandópolis. 
A ação acontece sempre no último domingo do mês de novembro, já que a escolha da data está relacionada à proximidade com o “Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil”, celebrado em 23 de novembro.
O grande objetivo da campanha é despertar a população para o diagnóstico precoce. Não é só a venda de kit. O kit é comprado para ajudar o hospital, num projeto de conscientização para o diagnóstico precoce. “O que acontecia antes da caminhada? A criança chegava na Unidade Básica, no hospital, com uma febre prolongada, com aumento nos olhos, perda de peso e tratava-se como qualquer doença. Mas, se esses sinais começam a ser permanentes, você dá o remédio, o sinal volta, essa criança começa ter febre recorrente, caroço no corpo, principalmente no pescoço, virilhas e axilas, manchas roxas, dores de cabeça com vômitos, dores na perna. Se essa dor passa com o remédio e não volta, tudo bem, mas se retorna, precisamos pesquisar. As crianças chegavam em Barretos sendo tratada por dor do crescimento. Se uma dor, uma febre ou qualquer outro sinal é permanente, precisamos investigar, pensar no câncer. Antes, nós perdíamos 40 crianças num universo de 100, por conta que as crianças chegavam muito tarde. Com a caminhada, com o despertar dessa consciência, as mães, os professores, profissionais de saúde e médicos têm um olhar diferenciado”, disse a coordenadora da campanha Naima Kathib em entrevista ao CIDADÃO. 
O kit contém uma camiseta, este ano na cor bordô, uma ‘sacolinha’ e um boné e está à venda no Hospital de Amor de Fernandópolis por R$ 35. A renda é revertida para o tratamento das crianças com câncer em Barretos.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');