Cartório Eleitoral coloca 8,7 mil eleitores na lista dos “canceláveis”

ARTIGOS - 18:48:05

Os 8.703 eleitores de Fernandópolis que perderam o prazo para cadastrar suas digitais foram colocados na lista dos títulos “canceláveis” que será remetida na semana que vem para o TSE – Tribunal Superior Eleitoral. Mas, ainda há uma chance para salvar o documento e votar em outubro.

Alexandre Teixeira Nunes Rocha, Chefe do Cartório da 150ª Zona Eleitoral de Fernandópolis, em entrevista à Rádio Difusora nesta semana, disse que Fernandópolis tem hoje 45.434 eleitores biometrizados de um total de 54.137 eleitores cadastrados conforme número atualizado em 2 de janeiro. “Os 8.703 eleitores que não apareceram para cadastrar a biometria estão na lista dos títulos canceláveis. Tecnicamente, esses títulos entraram em processo de cancelamento. O Cartório Eleitoral já está adotando o procedimento para encaminhar o a lista para o TSE – Tribunal Superior Eleitoral – que vai homologar a decisão de cancelamento desses títulos do Juiz Eleitoral de Fernandópolis. Se o eleitor vier ao Cartório para regularizar esse título vai recuperar o documento, já que no momento que o TSE processar esses títulos, o documento será reabilitado. Quem não fizer isso, terá o título definitivamente cancelado”, explicou Alexandre. 
O prazo para essa regularização vai até 6 de maio, 151 dias antes das eleições municipais de outubro. Esse também é o prazo final para quem vai tirar o título ou fazer transferência. O atendimento pode ser agendado pelo site do TRE SP.


Bate pronto

  COFRE CHEIO - O final do ano trouxe boas notícias para os prefeitos. Além do dinheiro da cessão onerosa do Pré-Sal depositada na conta dos municípios no dia 31 de dezembro, os cofres municipais foram inflados por repasse gordo de ICMS no mês de dezembro. O ICMS de 2019 trouxe uma boa surpresa para o prefeito André Pessuto. Houve um aumento de 10% no repasse, o que representou acréscimo de R$ 3 milhões na comparação com o valor transferido em 2018 (R$ 31,1 milhões em 2019 contra R$ 28,1 milhões em 2018). Os três últimos meses do ano indicaram recuperação da economia e a arrecadação cresceu além do previsto. Agora no começo do ano começa a cair dinheiro do IPVA e do IPTU.

  PRAZO FINAL -  Os sorteados com as 219 casas populares da CDHU. O prazo vale para titulares e suplentes no sorteio realizado em 1º de dezembro pela CDHU - Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano -  que precisam atender às orientações da Secretaria de Habitação do Estado em relação à documentação apresentada. As pessoas que ainda estiverem pendentes com a documentação devem ficar atentas. A coleta dos documentos será feita no auditório da Secretaria Municipal de Educação, das 09h às 16h. Será a última oportunidade para as pessoas que ainda não concluíram a entrega dos documentos necessários para a aquisição da moradia, avisa a CDHU.

  BALANÇO - A Secretaria Municipal de Meio Ambiente divulgou o balanço do projeto Disk Arvore em 2019 e contabilizou o plantio de 546 mudas. Esse número é bem maior em comparação ao plantio realizado em 2017 quando foram plantadas 301 mudas. Em 2018, foram 354 plantios. O programa tem como finalidade aumentar a arborização e a diversidade de espécies na área urbana e promover um trabalho de educação ambiental referente à arborização urbana. Entre as espécies plantadas na área urbana estão: Resedá, Pata de Vaca, Flamboyanzinho, Árvore da China, Ipê Mirim, Escova de Garrafa e Acácia Rosa.  O plantio de muda de árvore pode ser solicitado pelo telefone 3463-9014.

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');